HQ Fest, FLIQ e RCGF

Estou passando para agradecer todas as pessoas que passaram pela minha mesa no HQ Fest, em Indaiatuba no último sábado: MUITO OBRIGADO pelo carinho, pelos sorrisos e boas vibrações. Em especial aos camaradas: Charles Mos, Nelson Zorzetto, Rodrigo Otägugo, André Meinster, Gabriel Sozzi e à Moacir Torres, que organizou toda a festa.

hqfest-modanez+charlesmoss

Aproveitando, quero atualizar o cronograma de eventos destes últimos meses do ano:

fliq

O primeiro, será o Festival Limeirense de Quadrinhos, que acontecerá na FAAL, em Limeira/SP neste fim de semana (23 e 24) e o segundo é o Rio Claro Geek Festival que acontecerá no dia 08/10, no Centro Cultural Roberto Palmari, em Rio Claro. Em ambos estarei levando os últimos zines de “O Girassol e o Samurai”, o livro “A Sociedade dos Corvos” e novos prints.

Passe lá, eu espero por você 😉

 

23º Eu Anime RPG + Campinas Anime Fest

13501813_1091390504255354_6546033980759151180_n

No último domingo (20), Lua e eu participamos do 23º Eu Anime RPG em Americana/SP. Foi muito divertido e empolgante e gostaríamos de agradecer a todas as pessoas que passaram por nossa mesa. Oficialmente foi a primeira vez em que minha esposa participou, levando seus sketchbooks e sua simpatia e, por falar em simpatia, quero agradecer a todos os colegas que partilharam do evento – não vou lembrar todos os nomes, mas vocês foram demais!

Estes eventos têem sido para mim tubos de ensaio onde experimento a composição da mesa e os itens que irei levar para o próximo evento. Em Rio Claro haviam muitas pessoas interessadas em ver ilustrações e fanarts, já em Americana o público estava disposto à adquirir os velhos personagens com roupagens diferentes e brilhantes – o que me fez considerar a produção desses personagens mas de uma maneira diferente, pois não aprecio tanto o comum, como os Vingadores, Wolverine, Homem-Aranha e Superman… se tiver que desenha-los, com certeza será numa posição diferente do habitual.

Mas essa é uma questão para outro post.

Monstros, pincéis e girassóis

“O que antes era uma necessidade alimentada em pequenas doses, hoje se tornou algo muito maior. As doses homeopáticas não foram capazes de cessar e o pequeno verme tem se mostrado um monstro cada vez mais voraz” – JOSÉ MORELLI, médico especialista em fungos

Desde julho que deixei o blog e justifico: fui tragado para minha mesa de trabalho. Após a inauguração da loja digital Bemtevi Shop me comprometi a retratar um game por semana para alimentar as estampas da loja, sem deixar de publicar meus quadrinhos no jornal Expresso – quinzenalmente.

Isso foi ótimo, pois me torna mais ativo do que nunca fui – a criação de uma necessidade dá à você o “norte” ou o motivo para você desenhar algo. Com isso pude testar um estilo que achava mais legal e mais “limpo”: as canetas. Achei que havia ficado bom, afinal consegui o traço reto e a delimitação das sombras como Gabriel Bá usa nos trabalhos dele, As sombras são quase geométricas, a hachura é bem desenhada e os detalhes finos podem serem alcançados apenas trocando de caneta.

tira feita com uso de canetas

No entanto isso me deixou mais “travado” e demorei mais para fazer a arte final. Ao mesmo tempo queria criar uma história para a coluna ON-OFF que saí no jornal (e que uso de estudo para criar robôs), então criei “O Girassol e o Samurai”, onde experimentei trabalhar apenas com o pincel comum (um Tigre nº0), e gostei ainda mais do resultado e da fluidez da arte final. O que ultimamente tem levado em torno de três dias – sim, umas 8h de trabalho focado resolveriam a tira, mas existem outros números na equação, como outros trabalhos – resumindo: o uso dos pincéis me deram um ganho de produtividade.

girassol+samurai-pincel

Caso você tenha gostado, aproveito para dizer que publico as tiras no Tumblr, mas também posto partes do processo na página do Facebook e posts mais elaborados aqui mesmo no blog. Foi a maneira que achei para propagar conteúdos diferentes pela internet, assim sempre tem algo novo e diferente em algum lugar.