Semana 1: sintetizar a mensagem

Foi após a aula de desenho que fui à livraria. Estava com tempo até a chegada do ônibus, mesmo assim fui direto na seção de Quadrinhos que era bem enxuta, diga-se de passagem, e não encontrei nenhum do Scott McCloud – autor de duas das três indicações do professor – então a vendedora me indicou “Como desenhar Quadrinhos: Marvel Way” e balancei a cabeça. Além de ser caro demais ele ensinará algo que eu não estou buscando: desenhar quadrinhos em um dos estilos americanos e não é isso que estou buscando… não. Pode-se até usar como referência para solucionar uma dúvida ou outra, mas não para seguir à risca.

“Seguir à risca”, sem dúvidas é isso que o meu lado ansioso buscava quando voltei a estudar desenhos, queria encontrar o passe mágico que garantiria que saberia onde estava pisando. Após ver o preço do livro de Stan Lee, resolvi perguntar pela terceira indicação em minha lista:

– Vocês têm este aqui: A arte de Quadrinizar?

O livro me cativou logo no começo, quando Ivan Brunetti te convence do porque você deve dar uma chance à ele sendo que ele não é tão famoso como outros caras – e logo me lembrei do velho Stan – além do mais ele já te ensina algo para você não morrer de fome: macarrão alho e óleo. Pronto, agora você não passa mais fome 😉

Logo na primeira semana – que para mim demorou um mês – você aprende exercícios de desenho. O que mais me chamou a atenção foi desenhar contra o tempo… veja bem, contra um tempo beeemmm curto. Algo em torno de 30 segundos ou o extremo de 10 segundos, algo que sinceramente não alcancei.

Primeiros resultados de desenhar com tempo curto

tempo-carros Primeiros resultados de desenhar com tempo curto

Isso revela alguns traços peculiares, foi à partir daí que decidi explorar as formas gerais das personagens, pois esta talvez seja a informação mais importante. Aproveitei os resultados desta semana para elaborar uma página sobre o tempo:
ON-OFF010-tempo

O livro é separado em Semanas que vou comentar a cada post, mas veja bem meu processo não envolve apenas o livro, mas muitas outras coisas que ocorrem durante as aulas de desenho e diariamente com meu trabalho e outras coisas que me envolvem. Caso queira ver as publicações de ON-OFF em breve postarei no Tumblr.

Até mais.