Pira Anime Fest

Neste próximo domingo, 30/04, estaremos no Pira Anime Fest levando cadernos artesanais, pints e “O Samurai e o Girassol” para todos que passarem por nossa mesa no Artist Alley. Ah! Lembrando que toda a compra será acompanhada por um sketch feito na hora 😉

O evento será realizado no Colégio Dom Bosco Cidade Alta, em Piracicaba/SP.

17904052_1517729214963887_7404801251145422548_n

CAF: gratidão

No último domingo, Lua e eu estivemos no 16º Campinas Anime Fest, que atingiu minhas espectativas: foi maior e mais divertido.

Uma das surpresas foi um Artist Alley bem maior que da última edição, com muita gente bacana e especial, sem contar o público: mais receptivo aos artistas ali presentes o que me deu uma felicidade imensa em atender e conversar com aqueles que estavam com mais tempo.

Aliás, não tenho outro sentimento que exprima melhor do que gratidão. Tanto pelo público quanto pelos outros artistas que pude conhecer, gente que eu mantinha contato apenas por e-mail ou por redes sociais, frias e assepticas, por isso aproveito aqui para mandar um abraço especial para Mário Cau, Caio Yo, Vencys Lao e Ayu Marques, minha simpática vizinha.

Mapinguari

Em Campinas, pude reencontrar Rodrigo Otäguro que está com uma campanha no Catarse para seu novo quadrinho sobre Kaná, uma indígena brasileira e o monstro Mapinguari. Portanto repasso aqui o convite, escolha sua recompensa e apoie mais um quadrinista brasileiro 😉

mapinguari-quadros_02

 

Campinas Anime Fest

Estarei participando no Artist Alley do 16º Campinas Anime Fest, dia 09/Abril, no Liceu Salesiano, em Campinas. E nesta edição a área dos artistas parece estar bem mais recheada que na edição passada.

16832351_1446500068715841_2968166611943650504_n

Levarei o’ Girassol e o Samurai e alguns prints novos que estou finalizando, tudo isso sendo divulgado no Instagram e Facebook. Desta vez estou pensando em fazer postais, não mais aquelas artes grandes em formato A3, por uma questão de valor mesmo, acredito que pelo mesmo valor uma pessoa pode levar três artes diferentes do que apenas uma grandona.

O Girassol e o Samurai – Liberdade
Esse é o título da próxima história envolvendo o órfão samurai, mas como estou participando de dois livros coletivos não pude me dedicar tanto quanto eu gostaria neste projeto, quero terminar as ilustrações desses livros – ou pelo menos de um deles – para prosseguir com a próxima aventura do Samurai.

Pretendo publicar passo à passo no Behance, assim poupa tempo em criar as imagens para rechear o portfólio, sem dizer que a atualização é bem rápida.

A festa em Campinas

Essa semana que passou fechou meu ano com chave de ouro e explico o motivo.

Na quinta-feira à noite recebi a medalha dos “Amigos da Cultura”, uma homenagem feita pela Secretaria de Cultura para as pessoas que direta ou indiretamente contribuíram para o enriquecimento cultural de Cordeirópolis. E eu não imaginava quantas pessoas faziam isso… são pessoas envolvidas em diversas áreas como teatro, música, artes plásticas, literatura e também preservação do patrimônios culturais dos afrodescendentes e ítalo-descendentes.

whatsapp-image-2016-12-13-at-18-59-12
Fiquei surpreso quando recebi o convite, pois fiz muito pouco ainda, no entanto a homenagem somente incentiva à mim e à Luana, minha esposa, à fazermos mais nos próximos anos, pois acreditamos que o efeito desta homenagem é mais interno do que externo. Em outras palavras, o prêmio valeu mais para cada pessoa homenageada do que para toda população, que verá apenas como um prêmio qualquer, mas nós – Lua, eu e todos os outros artistas – sabemos o valor que isso causa em nossas vidas, nossas carreiras.
Enfim, é com alegria que vejo minha cidade natal despertando para sua própria produção artística.

Depois desse gás na quinta, chegou o domingo e a Campinas Anime Fest, a última festa do circuito Avalon Eventos nesse ano, a maior do circuito.
E foi muito bom!

whatsapp-image-2016-12-13-at-18-55-24
Várias pessoas passaram na minha mesa para conhecer os fanzines e os sketchbooks de couro – especialidade da Luana – e de quebra conheci muita gente bacana, meus vizinhos de mesa, entre eles Guilherme Arrais (Necro Morfus) e Paulo Kielwagen (Blue e os gatos) pessoas que o trabalho o precediam. Revi gente bacana de outros festivais como o a Walkiria Endelich e o Mateus Carvalho e conheci novas figuras, como o Alessio Esteves, grande figura!


À todos eles e a todos mundo, muito obrigado!