#hellboyday – 20 anos do vermelhão

Foi em 22 de março de 1994 que o jovem Mike publicou a primeira revista em quadrinhos de um personagem um tanto controverso. Um demônio sem chifres. Um super-herói de bermuda. Para comemorar a editora norte-americana organizou vários eventos pelas américas para que todos pudessem celebrar.

Por aqui foi celebrado na Quanta Academia de Artes, onde houve o lançamento de uma edição comemorativa que conta com uma história dos brasileiros Fábio Moon e Gabriel Bá. O próprio Fábio, que organizou o lançamento estava presente na escola, juntamente com Marcelo Braga e Marcelo Campos, que conversaram a respeito destes 20 anos do vermelhão.

Ilustração feita para comemorar os 20 anos de publicação de Hellboy

Ilustração feita para comemorar os 20 anos de publicação de Hellboy

Quem compareceu ao evento – que não foi o meu caso, pois presenciei apenas através do streaming – pode conferir uma exposição que teve a contribuição de vários artistas que comemoraram desenhando Hellboy, entre eles Marcelo Braga, Mário Cau, ilustradores que eu admiro, além de outros que estou conhecendo como Magenta King Foi nesse ritmo de comemoração que criei a ilustração acima (ainda não colorida).

Quando sentei para desenhar vi que a maioria dos artistas criaram o personagem adulto, no auge de suas aventuras, mas resolvi criar algo diferente, que pudesse pertencer a alguma aventura ainda não criada. Para o fundo, imaginei uma velha igreja com vitrais e pisos decorados por ladrilhos hidráulicos, coisas que remetem à minha infância.

Caso queira ver a exposição, o pessoal da Quanta criou um Tum

blr só dele.